Uma poesia chamada Se Eu os Merecia! – por Sal

Campos em Primavera – Monet

Eu confesso que não sei
Se são rasos ou profundos
Se são intensos como o céu
Ou extasiante como o mar

Se é o brilho deles que me inebria
Ou se é esse torpor que me deixa sem ar

Me atrapalho às vezes em palavras
Mas esse é o preço por falar demais

No começo confundi se eram verdes ou azuis
Se eu os merecia ou se era mais do que eu podia ganhar

Mas confesso, olhando agora em seu rosto…
Que seus olhos são os mais lindos e doces
Que a natureza poderia forjar!

por Ariston Sal Junior

Sobre a poesia Se Eu os Merecia!

Corria o s anos 2000, na segunda metade da década. Consequentemente eu já devia ter me mudado de Porto Alegre-RS para Balneário Camboriú-SC. Não lembro a data exata de quando escrevi a poesia Se Eu os Merecia.

Lembro porém que um trecho da música Your Song, do Elton John, foi o mote. A frase específica foi a parte da canção que diz “You see I’ve forgotten, if they’re green or they’re blue / Anyway, the thing is, what I really mean
/ Yours are the sweetest eyes I’ve ever seen
.”

Como resultado, a poesia Se Eu os Merecia, após eu ficar com a música do Elton durante algum tempo, “saiu” completa, de uma vez só.

Gosto da simplicidade da escrita, do ritmo, da paixão contida nos versos, assim como a confissão da dúvida. É uma daquelas “obras” que temos orgulho de ter escrito.

Sal

Jornalista, blogueiro, letrista, já fui cantor em uma banda de rock, fotógrafo, fã de música, quadrinhos e cinema...

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: