Uma poesia chamada Uma

Uma benção que necessito
Uma prece escolhida a dedo
Uma lembrança que guardo de ti
Uma vez mais não é sempre

Uma lágrima percorre meu rosto
Uma dúvida perambula minha vida
Uma tentativa fracassada de te amar
Uma esperança que insiste em me atrapalhar

Uma Mulher — Um Homem
Uma vida entranhada em outra
Uma amizade — Um amor nascido
Uma outra chance pra tentar

Uma vez em que choramos
Uma certeza de que nos amamos
Uma palavra que não conseguimos falar
Uma história irônica não sei contar

Uma culpa que nunca tive
Uma viagem que não realizei
Uma dor que em mim insiste
Uma ferida que não cicatrizei!

Sal

Jornalista, blogueiro, letrista, já fui cantor em uma banda de rock, fotógrafo, fã de música, quadrinhos e cinema...

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: