Brasil x Alemanha – Inacreditável! (ou O Que Aconteceu Com a Seleção Brasileira?)

Não gosto de futebol e acompanhei profissionalmente a Copa no Brasil. Porém, aceitei o desafio do editor Márcio Schalinski que me solicitou escrever um texto literário para a matéria sobre a derrota do Brasil para a Alemanha. Segue:

Vergonha!

Talvez essa seja a melhor tradução para expressar o sentimento do torcedor brasileiro na noite de ontem, quando a Seleção Brasileira, pentacampeã do mundo, caiu diante da Alemanha, de forma vexatória, por 7 x 1.

A maior derrota da Seleção Brasileira, que sediava o mundial, e que na pior das previsões, poderia perder para a Alemanha sim, mas não tomar um verdadeiro “passeio”, para usar um termo empregado no universo futebolístico.

A equipe do Brasil já venceu sem convencer em outros mundiais. Neste, a história apenas se repetia. Mas, como “o jogo só acaba quando termina” e o “futebol é uma caixinha de surpresa”, a cada partida deste mundial a torcida acreditava em uma provável final com a Seleção Brasileira. Mas, o que aconteceu no Mineirão, deixou evidente o despreparo da equipe, ou, para ser mais preciso, a ausência de uma equipe.

E não, não me venha com a desculpa de que os jogadores estavam abalados pela ausência de Neymar. Um time é coletivo, não pode se sustentar apenas em um pilar. Afinal, possuímos alguns dos “melhores” jogadores do mundo em suas posições.

O que aconteceu na capital mineira no dia de ontem, só não foi pior porque não perdemos para a Argentina. Mas prevaleceu a técnica sobre a sorte, a competência sobre o mero acaso. A Alemanha foi merecedora da vitória.

E que a derrota para a Alemanha jamais seja esquecida. Que sirva de lição para as formações futuras da seleção, que sirva de lição para nós brasileiros. Que sirva de exemplo que para vencer não basta ginga, samba e malandragem, mas um trabalho sólido, aplicado, com dedicação e que um povo deve ter mais que o futebol para se orgulhar.

Texto que escrevi para a edição de 9/72013
do jornal Folha SC – Jaraguá do Sul

Sal

Jornalista, blogueiro, letrista, já fui cantor em uma banda de rock, fotógrafo, fã de música, quadrinhos e cinema...

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: