Almério Lança ‘Nesse Exato Momento’, com participações de Maria Bethânia, Zélia Duncan

No coração pulsante das cidades, nos detalhes quase imperceptíveis do cotidiano, o álbum “Nesse Exato Momento” de Almério captura a essência vibrante da vida urbana e das emoções humanas. Este trabalho é um convite para pausar o incessante tic-tac dos segundos e simplesmente sentir. É o sopro da vida em cada acorde, um tributo aos pequenos grandes momentos que moldam nossa existência.

Com uma habilidade única de congelar o tempo através de sua música, Almério traz em seu novo álbum um olhar penetrante sobre o agora. Seja no beijo que interrompe o tráfego na Paulista ou nas mãos entrelaçadas de um casal que atravessou décadas juntas, cada faixa é um quadro vivo, pulsante, repleto de emoções brutas e refinadas.

O álbum é descrito pelo artista como um renascimento. “Vimos mudanças importantes no mundo passarem por nós, sobrevivemos à pandemia da COVID-19 sob um desgoverno maldito, e aqui estou, com minha arte. Sou reflexo do tempo em que vivo; minha arte é munição e proteção. ‘Nesse Exato Momento’ é ‘a boca que tudo come, o olho que tudo vê’”, comenta Almério.

Este trabalho não é apenas uma coleção de músicas, mas um manifesto cultural e pessoal. A produção, nas mãos habilidosas de Juliano Holanda, eleva o álbum a um patamar onde a voz de Almério se destaca, uma voz que sintetiza sentimentos e eleva palavras a uma importância celestial.

Celebrando 20 anos de uma carreira ilustre, Almério traz colaborações que são tanto um reflexo de suas amizades quanto de sua admiração por grandes nomes da música brasileira. Maria Bethânia, Zélia Duncan, Chico Chico, Mariana Aydar, Juliana Linhares, Zé Manoel e outros, emprestam suas vozes para enriquecer ainda mais o repertório. Destaca-se a presença feminina significativa no álbum, uma escolha consciente em um país que muitas vezes marginaliza suas artistas. “Ter um disco recheado de compositoras incríveis é muito importante para mim; esse álbum tem uma força feminina”, declara Almério.

Juliano Holanda descreve o álbum como “um disco dos agoras”. Cada faixa, cada nota, foi cuidadosamente colocada, não apenas capturando o momento da gravação, mas também projetando-se para os futuros onde cada ouvinte se encontra. “É quase um outro estágio da canção, diluída numa força primitiva profunda, anterior até a ela mesma”, ele explica.

“Nesse Exato Momento” é, sem dúvida, um marco na trajetória de Almério, um álbum que não apenas se ouve, mas se vive. Com cada execução, renova-se a experiência, redefinindo não apenas a música, mas também quem a escuta. É um convite para estar, literalmente, nesse exato momento, onde cada nota toca uma corda diferente da alma, e cada palavra canta a poesia do instante.

Sal

Jornalista, blogueiro, letrista, já fui cantor em uma banda de rock, fotógrafo, fã de música, quadrinhos e cinema...

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: